ST 11 - Histórias, Memórias e Representações nas Américas entre os séculos XIX e XXI

Autores

Caroline Maria Ferreira Drummond

Mestranda em História

Universidade Federal de Minas Gerais

caroldrummond@gmail.com

Carolline Martins de Andrade

Mestranda em História

Universidade Federal de Minas Gerais

carollmandrade@hotmail.com

Luan Mendes de Medeiros Siqueira

Mestrando em História

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

luan.mendes94@gmail.com

Raphael Coelho Neto

Mestre em História

Universidade Federal de Minas Gerais

raphaelcneto@yahoo.com.br

Fernanda Luiza Teixeira Lima

Mestre em História/UFOP - Doutoranda

Universidade Estadual de Campinas

fernandaluizatlima@yahoo.com.br

Ivania Valim Susin

Mestre em História - Doutoranda

Universidade Estadual de Campinas

ivaniavalim@gmail.com

Marina Maria de Lira Rocha

Doutoranda em História Social

USP

mmlrocha@hotmail.com

Ementa

Buscando sedimentar um espaço perene e profícuo para os debates em torno de temáticas pertencentes ao campo da historiografia das Américas no EPHIS, propomos, nesta nova edição, um Simpósio que reúna pesquisadores e interessados nas temáticas da História das Américas entre os séculos XIX e XXI. Tendo em vista as variadas investigações possíveis no que tange às diversas perspectivas teórico-metodológicas, construiremos três eixos de discussões.
O primeiro eixo se dedicará aos fenômenos políticos, tais como as independências; as formações dos Estados Nacionais; as organizações e mobilizações das sociedades civis; as revoluções; as ditaduras; as construções democráticas; os novos desafios da globalização e dos movimentos sociais no século XXI, suas relações com as dinâmicas culturais, de valores, crenças, normas e representações. Nesse eixo, também, serão discutidas as construções de identidades nacionais e continentais, multiculturalismos e identidades de minorias. Dentre as quais se destacam os estudos sobre indígenas, negros, gênero e sexualidade, ampliando, assim, a compreensão sobre a participação desses sujeitos no devir histórico do continente.
O segundo eixo proposto versará sobre as memórias das violências, físicas e simbólicas nas Américas, atentando para suas narrativas e representações. Desde os processos de colonizações e independências, é notório que a História das Américas foi marcada pela cultura da violência, resultado de escravidões, guerras civis-militares, violências estatais etc. Dessa forma, pretende-se debater trabalhos com diversos suportes narrativos da representação do trauma gerado pela violência e a estética dessa representação: documentos visuais – como o cinema, a fotografia e as artes plásticas -, documentos arquitetônicos - incluindo a arquitetura cemiterial, e o imaginário veiculado em livros didáticos ou na literatura.
Por fim, o terceiro eixo, pretende debater trabalhos sobre as lutas pela memória e pelos territórios de memória, em projetos que visem a educação aos direitos humanos na região. Percebendo os direitos humanos como centrais em diversas lutas políticas, serão debatidos estudos que tomem o reconhecimento das histórias de populações vulneráveis, aquelas que sofreram ou ainda sofrem violações em seus direitos, e estratégias públicas de reconhecimento das vítimas (de genocídio, de crimes de lesa humanidade, de terrorismo de Estado e demais violações), aproximando o passado das questões ainda abertas sobre políticas de memória e sua relação entre democracia e direitos humanos.


Programação das mesas

Mesa 1 - Sala 1058/cepamm 8 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Mahira Caixeta Pereira da Luz
O neoliberalismo no México: críticas, resistência e impactos
luiz guilherme ferro costa veppo
Revisando a bibliografia sobre o EZLN: precisamos falar sobre as FLN
Alysson Faria Costa
A lei do Cão: engajamento político literário e sua interação com a história do México neoliberal.
Luana Vieira da Silva
Protagonismo e demandas das mulheres na insurgência do movimento Zapatista
Mesa 2 - Sala 1058/cepamm 8 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Guillermo Alexís Fernández Ramos
Pedro Zulen e o “problema do indio” (Peru,1911-1918)
Carolline Martins de Andrade
Martín Luis Guzmán: entre a Revolução e a "raiz dos males mexicanos"
Natally Vieira Dias
O Brasil e as projeções continentais do México revolucionário: a construção de um latino-americanismo através do periódico MONTERREY, editado pelo escritor-embaixador Alfonso Reyes no Rio de Janeiro nos anos 30
marcos vinicius gontijo alves
Campo e Cidade: a modernização no México e no Brasil a partir das obras de Juan Rulfo e Graciliano Ramos
Mesa 3 - Sala 1058/cepamm 9 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Amanda Maia Vannucci
Palavra e Revolução: A produção literária de Gioconda Belli na Nicarágua Sandinista (1970-1990)
Isadora Bolina Monteiro Vivacqua
Arte marginal e resistência política: um estudo sobre a obra Lumpérica (1983), de Diamela Eltit
Rafael Pereira de Negreiros
História e “escrita de si” na obra Las cartas que no llegaron (2000) do escritor uruguaio Mauricio Rosencof
Warley Alves Gomes
Muito além da realidade: aproximações entre Borges e David Bowie
Mesa 4 - Sala 1058/cepamm 9 de Maio de 2017 as 15:30 até 18:00
Autores Titulo
Carolina de Azevedo Müller
A mitificação da revolucionária Haydée Santamaría na história cubana
Ana Paula Cecon Calegari
Trajetória e representações políticas do Partido Socialista Popular cubano no ano de 1952.
Natália Iglésias da Silva Scheid
Representações da maternidade criadas e difundidas pelo cinema cubano nas décadas de 1970 e 1980.
Mesa 5 - Sala 1058/cepamm 10 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Igor Santos Garcia
Augusto César Sandino e a luta de classes na Nicarágua
Marcio Bernardi
De Seattle ao Occupy Wall Street: A transformação das organização dos movimentos sociais
Walisson Deoclecio Quadros
A guerra do Paraguai: uma análise interdisciplinar.
Mesa 6 - Sala 1058/cepamm 10 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Raphael Coelho Neto
Debates sobre as violações aos direitos humanos durante a ditadura militar chilena na revista Chile-América
Fernanda Luiza Teixeira Lima
Memórias em construção: O passado e o presente da ditadura militar representado no Museo de la Memoria y los Derechos Humanos (Chile)
Ivania Valim Susin
¡Mataron a Gaitán! Aspectos visuais da violência do Bogotazo, Colômbia, 1948 .
Mesa 7 - Auditório Bicalho (1º andar) 12 de Maio de 2017 as 13:00 até 16:00
Autores Titulo
Amanda Monteiro Diniz Carneiro
A PARTICIPAÇÃO FEMININA NO GRUPO DE ESQUERDA ARGENTINO EXÉRCITO REVOLUCIONÁRIO DO POVO (ERP)
Luan Mendes de Medeiros Siqueira
Fronteiras em disputa na Guerra da Cisplatina (1825-1828)
João Eduduardo Jardim Filho
Representações das Américas no periódico O Universal, 1825-1842
Cristiane Maria Marcelo
Duarte da Ponte Ribeiro e a Missão Especial às Repúblicas do Pacífico (1851-1852)
Monique Santana de Oliveira Sousa
Irmãos Latinos ou Parentes Distantes : A construção nacional e a identidade Latino-Americana pela ótica do General Abreu e Lima.

Apoios

UFMG
Fafich
Temporalidades
PPGHIS
Varia História
CEPAMM
Núcleo História Oral
CEM
Sem Rumo
Brasiliana
Iepha