ST 24 - História e culturas urbanas: narrativas e práticas sociais nas cidades

Autores

Valdeci da Silva Cunha

Mestre em História

Universidade Federal de Minas Gerais

valdeci.cunha@gmail.com

André Mascarenhas Pereira

Mestre em História

Universidade Federal de Minas Gerais

andremasper@gmail.com

Philippe Maurice Hugo Marie Urvoy de Portzamparc

Mestre em História

Université Paris 1 Pantheon-Sorbonne

ph.urvoy@gmail.com

Ementa

Propomos neste simpósio temático uma reflexão sobre a história urbana em uma perspectiva cultural e social. Ao considerarmos a cidade e as narrativas que dela emergem como espaços em disputa, nosso foco concentrar-se-á na pluralidade de discursos e práticas que as culturas urbanas oferecem ao trabalho do historiador. A estrutura urbana, dentro da cidade moderna, mostra-se, em si mesma, um espaço repleto de signos, uma narrativa concebida de antemão por um discurso técnico, que se impõe tanto ao transeunte como ao morador. No entanto, como nos é ensinado por Michel De Certeau, a cidade também é o local onde uma infinidade de outras narrativas e práticas emergem para distorcer as linhas do desenho planejado. Na linha de Walter Benjamin, ao identificar a importância dos arquétipos do flâneur e do "trapeiro", caberia ao historiador dialogar com os diferentes tipos de sujeitos/agentes produtores de narrativas sobre o espaço urbano que se expressam ou falam pelas/nas cidades e que, em nosso entendimento, formam, informam e enformam as várias relações e tensões estabelecidas na teia social urbana. Pretendemos, assim, dialogar com propostas de trabalho e pesquisas que, de alguma forma, tenham as cidades como lugares, fontes e/ou objetos de investigação em suas múltiplas e polifórmicas formas de expressão.


Programação das mesas

Mesa 1 - sala 3044 8 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Rômulo Nascimento Marcolino
O deboche da modernidade na imprensa campanhanhense nas primeiras décadas do século XX
Wesley Lima de Andrade
MEMÓRIA E ESQUECIMENTO: A TRADIÇÃO E A CULTURA PIRESINA NAS DÉCADAS DE 1920 A 1960
Daniel Venâncio de Oliveira Amaral
Divertimentos e nova ambiência urbana na cidade de Divinópolis-MG na virada do século XX
Fábio Dantas Rocha
SAINDO DAS SOMBRAS: NEGROS E POBRES EM SÃO PAULO (1890-1940)
Mesa 2 - sala 3044 8 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Ana Marcia Maciel
A modernidade trazida pelos vagões do trem: como a Paraíba recebe os símbolos do moderno durante o século XX
Thais dos Santos Portella
As representações da República nas charges relacionadas a reforma da capital federal no governo Rodrigues Alves
Daniel de Souza Carvalho
O Porto Maravilha e um Projeto de Cidade do Rio de Janeiro: uma perspectiva histórica
Lays Silva de Souza
O Departamento de Abastecimento na Prefeitura de Belo Horizonte: políticas públicas para acesso aos gêneros alimentícios (1948-1992)
Mesa 3 - sala 3044 9 de Maio de 2017 as 15:30 até 17:30
Autores Titulo
Jessica Mazzini Mendes
"A Tabuleta do Custódio": uma reflexão sobre a prática de nomeação e renomeação de lugares a partir da construção de narrativas sobre a memória nacional
DANIEL DE ALMEIDA MORATORI
CLAUDIA DOS REIS PAIVA
HABITAR: PATRIMÔNIO CULTURAL, IDENTIDADE URBANA E A MORADA DO HOMEM COMUM
Renata Lopes
O "PROJETO LAGOINHA" NA CIDADE DE BELO HORIZONTE : Memória e esquecimento nas comemorações do centenário (década de 1990)
Guilherme Augusto Guglielmelli Silveira
A Construção da Memória: a formação dos "arquivos-futuros" através dos impressos da Comissão Construtora
ADRIANA MARA VAZ DE OLIVEIRA
DANIELE SEVERINO DE SOUZA GODINHO
Narrativas dos comerciantes: o Mercado de Campinas
Mesa 4 - sala 3068 10 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:30
Autores Titulo
Carlos Eduardo Pinto de Pinto
O vampiro vai ao cinema: a representação da modernidade urbana por meio do cinematógrafo em “Drácula de Bram Stoker” (Francis Ford Coppola, 1992)
ARROVANI LUIZ FONSECA
As poses da cidade: espaço urbano e fotografia
Leonardo Souza de Araújo Miranda
“É Caminhando que se faz o Caminho”: as (multipli)cidades nas obras Lilian M e Filme Demência de Carlos Reichenbach.
Daiana Pereira Neto
A cidade e o viajante: Paul Groussac em Santiago
Mesa 5 - sala 3068 10 de Maio de 2017 as 15:30 até 17:30
Autores Titulo
Carlos Alberto Machado Noronha
Leituras do tempo, leituras da cidade: as crônicas de Lima Barreto sobre as comemorações do centenário da Independência do Brasil na cidade do Rio de Janeiro
Pedro Henrique Leite
Havana na literatura: a cidade e a história nas páginas de "A Sagração da Primavera" (1978), de Alejo Carpentier.
Valdeci da Silva Cunha
Tempo e temporalidades nas experiências revisteiras em Belo Horizonte
Mesa 6 - sala 3010 11 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Dafne Jazmin de Azevedo Velazco
Cidade de Deus: trajetória habitacional de mulheres e agenciamentos do espaço
Beatriz do Nascimento Prechet
As mulheres também habitam a cidade: a condição feminina na Primeira República e seus desafios
Vivian Garelli
A bicicleta como um veículo Feminista: A relação entre o Cicloativismo e o feminismo nas cidades de Niterói e Rio de Janeiro
Mesa 7 - sala 3010 11 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Paola Nery de Carli
Associativismo negro no sul de Minas Gerais: o caso da Associação José do Patrocínio
Miranice Moreira da Silva
A festa na Getúlio Vargas: a micareta inventa a cidade
Taffarel Ramires Fernandes
LENDA URBANA NO SERTÃO NORTE-MINEIRO SOB OS ARQUÉTIPOS DO CIRCO E DA IGREJA DO SÉCULO XIX.
Mesa 8 - sala 3010 12 de Maio de 2017 as 13:00 até 15:00
Autores Titulo
Philippe Urvoy
Favelados, vadios e prostitutas no epicentro do Golpe: as ruas da capital mineira no alvorecer da Ditadura.
Fernando Rosa do Amaral
Os Mendigos e a Nova Capital: a questão da mendicância em Belo Horizonte, 1900-1938.
Iolanda Chaves Ferreira de Oliveira
Modernização, Higiene e Classes Pobres: Ordenamento e gestão do espaço urbano na cidade de Juiz de Fora (1890-1920)
Mesa 9 - sala 3010 12 de Maio de 2017 as 15:00 até 17:30
Autores Titulo
Renato da Silva Dias
Pedro Jardel Fonseca Pereira
TRABALHO E VIDA COTIDIANA: TRAJETÓRIA E VIVÊNCIA DOS TRABALHADORES CARROCEIROS EM MONTES CLAROS/MG 1970 - 2016
Maria Fernanda Bertholdo Brito Vieira
Os processos de consolidação da arte de rua brasileira no século XX : Na cidade contemporânea o que há entre o sujeito e a tinta no muro ?

Apoios

UFMG
Fafich
Temporalidades
PPGHIS
Varia História
CEPAMM
Núcleo História Oral
CEM
Sem Rumo
Brasiliana
Iepha